Categorias: Terapias Naturais

Bálsamo de proteção com flor de manjericão

Crédito da foto: meu filho Antonio Lopes.

Há pouco tempo eu falei no meu canal do Instagram, nos stories do @cozinhadojardim.oficial, sobre a proteção com as flores do manjericão – mas você pode usar qualquer parte da planta.

Fiz esse stories porque recebia muitas mensagens por inbox me perguntando sobre ervas de proteção. Aqui no Brasil temos muito a tradição do uso da arruda, mas é muito importante falar sobre o manjericão, que considero pessoalmente, mais forte no quesito proteção.

Quem é minha aluna e faz meus cursos online ou presenciais, sabe que eu falo muito sobre as flores do manjericão. Existem pesquisas científicas que demonstram que a flor do manjericão tem aproximadamente 80% a mais de potencial de sabor e aroma do que a erva em si. Só que isso não é apenas “sabor e aroma”, mas também força energética da planta. A concentração ali é maior.

Esse conhecimento que agora a ciência estuda e analisa já era conhecido pelas Streghes, as bruxas italianas e também as de Portugal e Espanha, tanto que a erva é muito utilizada nessas regiões, na cozinha – aonde era utilizado vastamente, por assim dizer, na antiguidade.

Para quem não sabe, “stregheria” é um termo usado para a antiga bruxaria italiana, e existem movimentos neopagãos na Itália (e também nos Estados Unidos) que promovem esse resgate. A stregheria também é conhecida como “la vecchia religione” (a antiga religião) e é uma palavra italiana arcaica para “bruxaria”.

Sempre gosto de lembrar que a tradição italiana recebeu enorme influência do povo celta, que foi colonizado por eles e teve muitas de seus conhecimentos absorvidos. Então, quando falamos do uso pelas streghes, pode apostar que existe uma origem – e acredito celta – nesse processo.

Voltando ao manjericão, ele é um grande queimador de miasmas, energias deletérias e ruins. Tanto que na permacultura plantamos o manjericão ao lado da planta que desejamos “proteger”, já que ele absorve as pragas, recaindo sobre ele e não sobre a que está ao seu lado.

Aqui no Brasil utilizamos muito a arruda, mas ela é muito delicada e pontual. Digamos que o manjericão é mais forte no sentido de proteger e captar essas energias, quando destinadas com essa finalidade. O que quero dizer com isso, é que você precisa colocar essa intenção para que o manjericão faça essa limpeza.

O bálsamo que ensino abaixo, não é para ser ingerido, mas ser utilizado em banhos de descarrego, vaporizações de útero e ovário (lembrando que existem muitas restrições, então para saber se é o seu caso, precisa passar pela orientação minha ou de algum profissional de saúde), utilizado em sprays de ambiente e demais formas.

receita do bálsamo

Em um vidro de preferência escuro, misture 70% de água com 30% de água destilada, acrescente 1 dedo ou 1/3 do vidro com flores e/ou folhas de manjericão (pode acrescentar arruda, caso queira). Pingue 5 a 10 gotas de óleo essencial de manjericão.

Usar durante o dia, pois a energia do manjericão é um tanto quanto forte e você pode ficar “ligado”.

Validade indeterminada.

Caso queira usar pontualmente, não precisa da água destilada.

E ah, caso não queira utilizar o óleo essencial de manjericão, é opcional, mas potencializa demais, devido à sua alta concentração.

Atenção: Conteúdo para fins informativos e educativos. Não recomendamos, sob qualquer hipótese, o abandono de remédios ou quaisquer substituições por conta própria. Não utilize flores e ervas, sem o acompanhamento de profissionais da saúde, indicados a acompanhar o seu caso.